20/06/2013

Objeto luminoso no céu de Lagoinha

Segundo especialistas, objeto avistado pode ser um foguete ou meteorito

Um objeto luminoso no céu e um forte barulho despertaram na noite de terça-feira (18) a atenção e a curiosidade de moradores de Lagoinha, no interior de São Paulo. No fim da noite de terça-feira (18), o conselheiro tutelar Leandro Coelho estava na praça com os amigos quando avistou algo diferente no céu. "Apareceu uma luz no céu e parecia uma coisa que estava caindo. Depois de cinco minutos escutamos um barulho, um estrondo e outras pessoas viram um clarão", disse. (Assista ao vídeo).
Segundo o professor Gustavo Rojas, da Universidade Federal de São Carlos, tudo indica que o objeto era um foguete chinês, lançado há seis dias para colocar em órbita um satélite e que queimou ao retornar à atmosfera. Segundo Rojas, a trajetória e o tempo de reentrada estavam previstos e coincidem, o que indica que realmente era o foguete chinês. "Todo foguete que é lançado em órbita, ele acaba caindo de volta na Terra. Ele é queimado na reentrada, isso é calculado (...) se sobrou alguma bomba, ela caiu no oceano", diz o professor, que complementa que esse tipo de evento é considerado comum.
Othon Winter, pesquisador de astronomia da faculdade de engenharia de Guaratinguetá, analisou as imagens da internet. Segundo ele, o vídeo mostra uma bola com uma cauda – características de um corpo atravessando a atmosfera. Segundo ele, o objeto pode ser natural como um pequeno asteroide ou artificial, como um satélite abandonado. O atrito entre esse corpo e a atmosfera pode causar o efeito luminoso. Segundo ele, isso é frequente, mas muitas vezes não são observados pois caem em regiões pouco habitadas.
Já a astrofísica do Instituto Nacional de Pesquisas Nacionais (Inpe), Claudia Vilega, também assistiu ao vídeo e disse que trata-se de um meteorito do sistema solar, que em algum momento, se encontra com a terra. A especialista também informou que a queda de meteoritos pequenos é muito comum, mas nesse caso, não era tão pequeno e por isso pôde ser visto por muitas pessoas.

Veja mais