05/03/2012

Morta a 6 dias se levanta do caixão

Chinesa de 95 anos simplesmente saiu andando de seu caixão

Li Xiaufeng, uma chinesa de 95 anos da província da Guangxi, foi encontrada morta por seu vizinho durante uma manhã. Ele teria tentado movê-la, mediu seu pulso e até verificou a sua respiração. Concluindo que a idosa estava morta, avisou a família dela que, por sua vez, iniciou as preparações para o funeral.


O costume chinês diz que a pessoa morta não pode ser enterrada imediatamente – todos os seus familiares e amigos precisam comparecer ao funeral antes. Então, o corpo da sra. Xiaufeng ficou exposto em um caixão aberto durante seis dias.


Um dia antes do enterro, o caixão apareceu vazio e sem nenhum sinal da sra. Xiaufeng. O corpo foi procurado pela vila inteira e foi encontrado de pé, se movendo e cozinhando uma refeição na própria cozinha. “Cansei de dormir, acordei e estava com fome”, explicou-se a “morta”. 
Mas calma, ainda não é hora de se desesperar e se preparar para uma infestação zumbi. Segundo médicos, o que aconteceu com a velhinha foi o que a ciência chama de morte artificial – a pessoa, aparentemente, não respira, mas seu corpo ainda está quente.


Originalmente publicado pela Redação Galileu da Globo

Veja mais